Frete Grátis acima de R$120,00 *
39 lojas físicas desde 1958
Até 3X sem juros no cartão
Enviamos para todo o Brasil
Compra segura 100% protegida
DIPIRONA COM CAFEÍNA 16 COMPRIMIDOS GENÉRICO NEO QUÍMICA
DIPIRONA COM CAFEÍNA 16 COMPRIMIDOS GENÉRICO NEO QUÍMICA
DIPIRONA COM CAFEÍNA 16 COMPRIMIDOS GENÉRICO NEO QUÍMICA
DIPIRONA COM CAFEÍNA 16 COMPRIMIDOS GENÉRICO NEO QUÍMICA
20%

DIPIRONA COM CAFEÍNA 16 COMPRIMIDOS GENÉRICO NEO QUÍMICA

Código: 58662
|
Estoque: Disponível
De R$17,19
Por R$13,75
Quantidade:
Calculando frete e prazo
Calcule o frete

Comprar DIPIRONA COM CAFEÍNA 16 COMPRIMIDOS GENÉRICO NEO QUÍMICA com melhor preço e entrega em todo o Brasil. Conheça todas as apresentações de Dipirona

Frete Grátis
acima de R$120,00 (*)
39 Lojas Físicas
desde 1958
Até 3X sem juros
a partir de R$100,00
PRATA
Loja Prata E-bit
eleita pelos consumidores

Para que serve Dipirona Sódica + Cafeína - Neo Química

A dipirona + cafeína está indicada como analgésico, especialmente nos casos de cefaleias e enxaquecas.

Como Usar Dipirona Sódica + Cafeína - Neo Química

Tomar 1 a 2 comprimidos até 4 vezes ao dia, com um pouco de água e sem mastigar.

Dose máxima diária recomendada

8 comprimidos/dia equivalente a 4g/dia de dipirona.

Contraindicação de Dipirona Sódica + Cafeína - Neo Química

Contraindicado para pacientes com hipersensibilidade conhecida a qualquer componente da fórmula do produto.

Este medicamento não deve ser utilizado por pacientes que apresentam problemas renais, hipertensão arterial, problemas cardiocirculatórios, hepáticos e problemas específicos no sangue tais como agranulocitopenia e a deficiência genética da glicose-6-fosfato desidrogenase.

Pacientes com presença de úlcera gastroduodenal não devem fazer uso deste medicamento.

Em caso de hipersensibilidade aos derivados pirazolônicos ou ao ácido acetilsalicílico, particularmente naqueles pacientes nos quais o ácido acetilsalicilico precipita crises de asma, urticária ou rinite aguda; história de agranulocitose independente da origem; deficiência de G-6-PD (risco de hemólise); porfiria, durante a gestação e aleitamento.

Este medicamento é contraindicado nos três primeiros meses de gravidez e após esse período, só deve ser empregado nos casos de absoluta necessidade e sob orientação médica.

Precauções

Em tratamentos prolongados, recomenda-se o controle periódico do quadro laboratorial hematológico. A dipirona pode inibir a função plaquetária e prolongar o tempo de sangramento, sendo este efeito reversível.

Assim, deve-se ter cautela em pacientes portadores de doenças intrínsecas da coagulação ou em uso de anticoagulantes.

Agranulocitose

É induzida pela dipirona. Trata-se de um acidente de origem imunoalérgica, com duração de no mínimo uma semana. Esta reação é muito rara, mas pode ser fatal. A agranulocitose não é dose dependente e pode ocorrer a qualquer momento durante o tratamento.

Os pacientes devem ser alertados para suspender a medicação e consultar imediatamente seu médico caso apareça algum dos seguintes sinais ou sintomas que podem estar relacionados com a neutropenia:

Febre, calafrios, inflamação da garganta, ulcerações na cavidade oral. No caso de neutropenia (< 1.500 neutrófilos/mm3) o tratamento deve ser descontinuado e o hemograma realizado prontamente, para controlar e monitorar o quadro até o retomo à normalidade.

Choque anafilático

Esta reação ocorre principalmente em indivíduos sensíveis. Portanto, a dipirona deve ser prescrita com cuidado a pacientes asmáticos ou atópicos.

Em pacientes com insuficiência renal grave, a posologia deve ser diminuída.

A administração de dipirona nos casos de amigdalite ou outras afecções do bucofaringe merece cuidado especial, pois as alterações pré-existentes podem mascarar os sintomas iniciais da angina agranulocítica.

Utilizar a dipirona com cuidado em pacientes hipotensos ou com instabilidade circulatória.

A dipirona deve ser usada com cautela em pacientes com asma pré-existente.

Em pacientes com insuficiência renal ou hepática, desaconselha-se o uso de altas doses de dipirona, visto que a taxa de eliminação é reduzida nestes pacientes.

Pacientes com insuficiência cardíaca, usuários de diuréticos e idosos possuem maior risco de toxicidade renal; assim, devem ter cautela ao utilizar o produto devendo ser cuidadosamente monitorados.

População Especial

Gravidez e amamentação

É desaconselhável o seu uso durante a gravidez devido aos riscos de efeitos sobre o sistema cardiovascular fetal, principalmente no terceiro trimestre de gravidez e durante a lactação.

A amamentação deve ser evitada durante e até 48 horas após o uso deste medicamento devido à possível excreção pelo leite materno.

Não foram realizados estudos em animais e nem em mulheres grávidas; ou então, os estudos em animais revelaram risco, mas não existem estudos disponíveis realizados em mulheres grávidas.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Composição

Apresentação

Comprimido:

Embalagens com 16 ou 100 comprimidos.

Composição

Cada comprimido contém:

Dipirona monoidratada (equivalente a 500,0mg de dipirona)

527,03mg

Cafeína

65,0mg

Excipiente

1 comprimido

Excipientes: povidona, metabissulfato de sódio, laurilsulfato de sódio, amidoglicolato de sódio, estearato de magnésio e dióxido de silício.

Superdosagem

Não devem ser utilizadas doses superiores às recomendadas. A interrupção repentina deste medicamento não causa efeitos desagradáveis, nem risco, apenas não terá mais efeito terapêutico.

A margem de segurança da dipirona é bem ampla. Podem ocorrer sintomas tais como vômitos, vertigens e sonolência. Não existe antídoto específico para a dipirona e o tratamento da superdose é, portanto, sintomático.

Deve-se instituir a lavagem gástrica e administração de carvão ativado. Pode-se estabelecer, se necessário, um tratamento para reposição de fluídos e eletrólitos perdidos, correção da acidose e administração de glicose.

Doses elevadas de cafeína podem provocar taquicardia, náuseas, vômitos, gastralgia, cefaleia, insônia, tremores e raramente, ritmo cardíaco irregular, arritmias, úlcera gastroduodenal, convulsões, distúrbios visuais e abortamento.

Em caso de intoxicação ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

Mais informações

Código do produto: 58662
Marca: NEO QUÍMICA GENÉRICO
EAN: 7896714261515
Tipo de Medicamento: Genérico
Registro MS: 1558404790029
Classe Terapêutica: Analgésicos Não Narcóticos e Antipiréticos
Princípio Ativo: Dipirona + Cafeína
Se persistirem os sintomas o médico deverá ser consultado. Dipirona Sódica + Cafeína - Neo Química é um medicamento. Seu uso pode trazer riscos. Procure o médico e o farmacêutico. Leia a bula
Opiniões sobre o produto
Dê sua opinião sobre este produto
Escolha uma nota:
A sua avaliação passará por uma aprovação antes de ser publicada.
1