Frete Grátis - Veja as regras
39 lojas físicas desde 1958
Até 3X sem juros no cartão
Enviamos para todo o Brasil
Compra segura 100% protegida
Concárdio 5mg C/100 Comprimidos Revestidos Ems
Concárdio 5mg C/100 Comprimidos Revestidos Ems

Concárdio 5mg C/100 Comprimidos Revestidos Ems

Código: 95973
|
Outros: EMS
Estoque: Disponível
De R$171,08
Por R$153,97
ou 3x de R$51,32 sem juros
ver parcelas
Quantidade:
Calculando frete e prazo
Calcule o frete

Comprar Concárdio 5mg C/100 Comprimidos Revestidos Ems com melhor preço e entrega em todo o Brasil. Conheça todas as apresentações de Concárdio

Frete Grátis
veja as regras
39 Lojas Físicas
desde 1958
Até 3X sem juros
a partir de R$100,00
PRATA
Loja Prata E-bit
eleita pelos consumidores

Para que serve Concárdio

Concárdio, nas concentrações de 5 e 10 mg, é indicado no tratamento da angina pectoris ou da pressão alta. Concárdio, em todas as suas concentrações, também é indicado na insuficiência cardíaca crônica estável, em combinação com outros medicamentos adequados ao tratamento desta doença (inbidores da ECA, diuréticos e, opcionalmente, glicosídeos cardíacos).

Como o Concárdio funciona?


Concárdio tem como substância ativa o bisoprolol, que pertence a um grupo de medicamentos chamados betabloqueadores. Estes medicamentos alteram a resposta do organismo a alguns impulsos nervosos, principalmente no coração. Como resultado, o bisoprolol diminui o ritmo cardíaco, aumentando a eficiência do coração no bombeamento de sangue para todo o corpo.

Ao mesmo tempo, diminui as necessidades de sangue e de consumo de oxigênio do coração.

Como Usar Concárdio

O tratamento com concárdio requer acompanhamento regular por parte do seu médico, sendo particularmente necessário no início do tratamento e durante aumentos da dose. Tome o comprimido com um pouco de líquido de manhã, com ou sem alimentos. O tratamento com concárdio é habitualmente de longa duração.

Tratamento de hipertensão (pressão alta) ou angina pectoris

Em todos os casos, a posologia deve ser ajustada individualmente, em especial em função da sua pulsação e do sucesso do tratamento. Para ambas as indicações, a dose habitual é de 1 comprimido de concárdio 5 mg uma vez por dia. Se necessário, a dose pode ser aumentada para 1 comprimido de concárdio 10 mg uma vez por dia. A dose máxima recomendada é de 20 mg uma vez por dia (4 comprimidos de concárdio 5 mg ou 2 comprimidos de concárdio 10 mg).

Tratamento de insuficiência cardíaca crônica estável

É recomendável que o médico que lhe atenda tenha experiência no tratamento de insuficiência cardíaca crônica.

O início do tratamento com concárdio necessita de uma fase de aumento gradual da dose e requer acompanhamento regular pelo médico. A dose inicial recomendada é 1 comprimido de concárdio 1,25 mg uma vez ao dia.

Dependendo da tolerância individual, a dose é aumentada gradualmente, do modo que se segue:

  • 1ª semana: 1,25 mg uma vez ao dia (1 comprimido de concárdio 1,25 mg); caso essa dose seja bem tolerada, aumentar para:
  • 2ª semana: 2,5 mg uma vez ao dia ( 1 comprimido de concárdio 2,5 mg); caso essa dose seja bem tolerada, aumentar para:
  • 3ª semana: 3,75 mg uma vez ao dia (1 comprimido de concárdio 1,25 mg e 1 comprimido de concárdio 2,5 mg); caso essa dose seja bem tolerada, aumentar para:
  • 4ª a 7ª semana: 5 mg uma vez ao dia (1 comprimido de concárdio 5 mg); caso essa dose seja bem tolerada, aumentar para:
  • 8ª a 11ª semana: 7,5 mg uma vez ao dia (1 comprimido de concárdio 2,5 mg e 1 comprimido de concárdio 5 mg); caso essa dose seja bem tolerada, aumentar para:
  • 12ª semana em diante: 10 mg uma vez ao dia (1 comprimido de concárdio 10 mg) como manutenção do tratamento.

A dose máxima recomendada é de 10 mg de bisoprolol uma vez ao dia.

Dependendo do modo como tolerar o medicamento, seu médico pode decidir prolongar o intervalo de tempo entre os aumentos da dose. Se a sua doença se agravar ou se deixar de tolerar o medicamento, pode ser necessário reduzir a dose novamente ou interromper o tratamento. Em alguns pacientes pode ser suficiente uma dose de manutenção inferior a 10 mg ao dia. Normalmente, se tiver de parar o tratamento por completo, o seu médico irá recomendar reduzir a dose gradualmente, uma vez que, de outro modo, a sua doença poderá se agravar.

Uso em crianças

Como não existe experiência com o uso do bisoprolol em uso pediátrico, concárdio não pode ser recomendado para crianças.

Uso em idosos

Não é necessário fazer ajustes da dose em idosos.

Uso em pacientes com problemas no fígado ou rins

No tratamento da pressão alta e da angina pectoris normalmente não é necessário efetuar ajustes da dose em pacientes com insuficiência renal ou hepática de gravidade ligeira a moderada. Em pacientes com insuficiência renal grave (clearance de creatina < 20 ml/min) ou insuficiência hepática grave não se deve exceder uma dose diária de 10 mg de bisoprolol.

Para o tratamento de insuficiência cardíaca crônica estável, não há informações sobre o comportamento do concárdio na presença de deficiência renal ou hepática. Assim, nestes pacientes, o aumento da dose deve ser realizado com maior cautela.

O que devo fazer quando eu me esquecer de usar o Concárdio?


Não tome uma dose dobrada para compensar uma dose que se esqueceu de tomar. Tome a dose normal na manhã seguinte.

Contraindicação de Concárdio

Você não pode tomar concárdio nas seguintes situações:

  • Hipersensibilidade (alergia) ao bisoprolol ou a qualquer outro componente da fórmula;
  • Asma grave;
  • Problemas graves da circulação sanguínea nos membros (tal como Síndrome de Raynaud), que pode fazer com que os dedos das mãos e dos pés fiquem dormentes, pálidos ou azuis;
  • Feocromocitoma não tratado, que é um tumor raro da glândula suprarrenal;
  • Acidose metabólica, que é uma condição na qual o sangue está muito ácido;

Não tome concárdio se tiver algum dos seguintes problemas no coração:

  • Insuficiência cardíaca aguda;
  • Agravamento da insuficiência cardíaca que requeira tratamento intravenoso com medicamentos que aumentem a força de contração do coração;
  • Pressão baixa, que cause sintomas;
  • Ritmo cardíaco lento, que cause sintomas;
  • Determinadas doenças cardíacas que provocam ritmo cardíaco muito lento ou batimentos cardíacos irregulares;
  • Choque cardiogênico, que é uma condição cardíaca aguda grave que provoca queda da pressão e insuficiência circulatória.

Precauções

Se você apresentar alguma das seguintes condições, informe o médico antes de iniciar tratamento com concárdio, pois ele poderá querer tomar alguns cuidados especiais (por exemplo, administrar um tratamento adicional ou realizar controles com maior frequência):

  • Diabetes;
  • Jejum rigoroso;
  • Determinadas doenças cardíacas como perturbações do ritmo cardíaco ou dor grave do peito em repouso (angina de Prinzmetal);
  • Problemas do fígado ou rins;
  • Problemas menos graves de circulação sanguínea nos seus membros;
  • Doenças brônquicas (asma ou doenças aéreas obstrutivas crônicas menos graves). Embora betabloqueadores cardiosseletivos (beta1) possam apresentar menos efeitos sobre a função pulmonar do que os betabloqueadores não-seletivos, como acontece com todos os betabloqueadores, estes devem ser evitados em pacientes com doenças obstrutivas das vias aéreas, a menos que existam razões clínicas relevantes para seu uso. Nessas situações, concárdio pode ser usado com cautela;
  • Psoríase ou histórico pessoal de psoríase (doença da pele em que aparecem manchas vermelhas, frequentemente com escamas de cor prateada);
  • Tumor da glândula suprarrenal (feocromocitoma);
  • Doenças da tiroide.

Além disso, informe o médico se estiver em vias de ser submetido a:

  • Terapia de dessensibilização (vacinas para alergias), uma vez que concárdio pode aumentar a probabilidade de ter uma reação alérgica ou que essa reação seja mais grave;
  • Anestesia (por exemplo, para cirurgia), uma vez que concárdio pode influenciar o modo como o seu organismo reage a esta situação.

Gravidez e amamentação

Existe o risco da utilização de concárdio durante a gravidez poder ser prejudicial para o bebê.

Se estiver grávida ou planejando engravidar, informe o médico. Ele decidirá se pode tomar concárdio durante a gravidez.

Não se sabe se bisoprolol é excretado no leite materno. Assim, não se recomenda o uso de concárdio durante a amamentação.

Direção de veículos e operação de máquinas

A sua capacidade de dirigir ou de operar de máquinas pode ser afetada, dependendo do modo como tolera o medicamento. Tenha um cuidado especial no início do tratamento, quando a dose é aumentada ou quando a medicação é trocada, assim como quando em combinação com bebidas alcoólicas.

Composição

Cada comprimido revestido de 1,25 mg contém:

Hemifumarato de bisoprolol

1,25 mg

Excipiente* q.s.p.

1 comprimido revestido

*Fosfato de cálcio dibásico, amido, dióxido de silício coloidal, celulose microcristalina, estearato de magnésio, hipromelose + macrogol e dióxido de titânio.

Cada comprimido revestido de 2,5 mg contém:

Hemifumarato de bisoprolol

2,5 mg

Excipiente* q.s.p.

1 com rev

*Fosfato de cálcio dibásico, amido, dióxido de silício coloidal, celulose microcristalina, estearato de magnésio, hipromelose + macrogol e dióxido de titânio.

Cada comprimido revestido de 5,0 mg contém:

Hemifumarato de bisoprolol

5 mg

Excipiente* q.s.p.

1 comprimido revestido

*Fosfato de cálcio dibásico, amido, dióxido de silício coloidal, celulose microcristalina, estearato de magnésio, hipromelose + macrogol, dióxido de titânio e corante alumínio laca vermelho 40.

Cada comprimido revestido de 10,0 mg contém:

Hemifumarato de bisoprolol

10 mg

Excipiente* q.s.p.

1 comprimido revestido

*Fosfato de cálcio dibásico, amido, dióxido de silício coloidal, celulose microcristalina, estearato de magnésio, hipromelose + macrogol, dióxido de titânio e óxido ferro amarelo.

Apresentação do Concárdio


Comprimido revestido de 1,25 mg, 2,5 mg, 5 mg e 10 mg. Embalagem contendo 10, 14, 20, 28, 30, 100 (Embalagem Hospitalar) ou 140 (Embalagem Hospitalar).

Superdosagem

Se você tomar mais comprimidos de concárdio do que deveria fale imediatamente com o seu médico; ele decidirá quais são as medidas necessárias. Os sintomas de uma dose excessiva podem incluir batimento cardíaco lento, dificuldade respiratória grave, sensação de tonturas ou tremores (devido à diminuição de açúcar no sangue).

Mais informações

Código do produto: 95973
Marca: EMS
EAN: 7894916512503
Tipo de Medicamento: Similar
Registro MS: 1023510330201
Classe Terapêutica: Betabloqueadores Puros
Princípio Ativo: Hemifumarato de Bisoprolol
Se persistirem os sintomas o médico deverá ser consultado. Concárdio é um medicamento. Seu uso pode trazer riscos. Procure o médico e o farmacêutico. Leia a bula
Opiniões sobre o produto
Dê sua opinião sobre este produto
Escolha uma nota:
A sua avaliação passará por uma aprovação antes de ser publicada.
1