• Frete GrátisAcima de R$100 *
  • 36 Lojas FísicasDesde 1958
-34%
Clortalidona 12,5mg Com 60 Comprimidos Generico Ems
Clique na imagem acima para ampliar

Clortalidona 12,5mg Com 60 Comprimidos Generico Ems

Genérico Laboratório Ems Uso Adulto
Cód. do produto: 20444
Outros produtos: EMS
Medicamento Genérico Lei- n°9.787 de 1999
Disponibilidade: Disponível
De: R$13,58
Por: R$8,83
CALCULE O FRETE:
Se persistirem os sintomas o médico deverá ser consultado.
Clortalidona 12,5mg Com 60 Comprimidos Generico Ems é um medicamento, seu uso pode trazer riscos. Procure o médico e o farmacêutico. Leia a bula.

Comprar Clortalidona 12,5mg Com 60 Comprimidos Generico Ems com melhor preço na Drogaria Net Online!

Informações do produto
- Fabricante: EMS
- Uso Oral
- Uso adulto
Características do produto
AÇÃO DO MEDICAMENTO:
A clortalidona é um diurético do grupo dos benzotiadiazínicos (tiazidas) com ação prolongada.
Indicação
Este medicamento está indicado em casos de:
Hipertensão arterial essencial, nefrogênica ou sistólica isolada; como terapia primária ou em combinação com outros agentes antihipertensivos.
Insuficiência cardíaca congestiva estável de grau leve a moderado (classe funcional II ou III da New York Heart Association, NYHA).
Edema de origem específica:
-Edema decorrente de insuficiência venosa periférica (crônica); terapia de curto prazo, se medidas físicas provarem ser insuficientes;
- Ascite decorrente de cirrose hepática em pacientes estáveis sob controle rigoroso;
- Edema decorrente de síndrome nefrótica.
Tratamento profilático de cálculo de oxalato de cálcio recorrente, em pacientes com hipercalciúria normocalcêmica idiopática.
Composição
Cada comprimido contém:
clortalidona . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .12,5 mg
excipiente* q.s.p. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .1 com
*(talco, croscarmelose sódica, estearato de magnésio, celulose microcristalina, dióxido de silício, óxido de ferro vermelho).
Posologia
Como ocorre com todos os diuréticos, a terapia deve ser iniciada com a menor dose possível. Essa dose deve ser titulada de acordo com a
resposta individual do paciente para se obter o benefício terapêutico máximo, enquanto se mantêm os efeitos colaterais em nível mínimo.
Recomenda-se uma dose única diária ou em dias alternados, administrada pela manhã, com alimento.
Hipertensão: a variação da dose clinicamente eficaz é de 12,5 a 50 mg/dia. As doses iniciais recomendadas são de 12,5 ou 25 mg/dia, sendo
a última suficiente para produzir o efeito hipotensivo máximo na maioria dos pacientes. O efeito total é atingido após 3 a 4 semanas para uma determinada dose. Se a redução da pressão arterial for inadequada com 25 ou 50 mg/dia, recomenda-se um tratamento combinado com
outros fármacos anti-hipertensivos (tais como betabloqueadores, reserpina e inibidores da ECA) (vide Precauções).
Insuficiência cardíaca congestiva estável (classe funcional II ou III): a dose inicial recomendada é de 25 a 50 mg/dia; em casos graves, pode se aumentar a dose até 100 a 200 mg/dia. A dose usual de manutenção é a menor dose efetiva, por exemplo, 25 a 50 mg diariamente ou em
dias alternados. Se a resposta for inadequada, pode-se adicionar ao tratamento um digitálico, um inibidor da ECA ou ambos.
Edema de origem específica: a menor dose eficaz é identificada por titulação e administrada somente durante períodos limitados. Recomenda-se que as doses não devem exceder a 50 mg/dia. Tratamento profilático do cálculo de oxalato de cálcio recorrente em hipercalciúria normocalcêmica. Na maioria dos casos a dose profilática ótima é 25 mg/dia. A eficácia não aumenta com doses acima de 50 mg/dia.
Crianças: a menor dose eficaz também deve ser usada em crianças. Por exemplo, tem-se utilizado uma dose inicial de 0,5 a 1 mg/kg/48 horas
e uma dose máxima de 1,7 mg/kg/48 horas.
Pacientes idosos e pacientes com insuficiência renal: a menor dose padrão efetiva de clortalidona é também recomendada a pacientes com
insuficiência renal leve e a pacientes idosos. Nos pacientes idosos, a eliminação de clortalidona é mais lenta do que
em jovens adultos sadios, embora a absorção seja a mesma. Portanto, recomenda-se rigorosa observação médica quando pacientes em
idade avançada forem tratados com clortalidona.
A clortalidona e os diuréticos tiazídicos perdem seu efeito diurético quando o clearance (depuração) de creatinina é < 30 ml/min.
Advertências
Anúria, insuficiência hepática grave e insuficiência renal grave clearance (depuração) de creatinina menor do que 30 ml/min).
Hipersensibilidade à clortalidona, a outros derivados sulfonamídicos ou a qualquer um dos excipientes. Hipocalemia refratária ou condições
que envolvam perda aumentada de potássio, hiponatremia e hipercalcemia. Hiperuricemia sintomática (história de gota ou cálculo de ácido
úrico). Hipertensão durante a gravidez.
- NÃO FAÇA AUTOMEDICAÇÃO. CONSULTE SEU MÉDICO.
- Ao persistirem os sintomas, o médico deverá ser consultado.
- Todo medicamento oferece riscos. Para evitar danos a sua saúde, procure orientações com o médico e o farmacêutico.
- Leia a bula
TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.
Informações adicionais
  • Código do produto:
    20444
  • Marca:
  • Código de Barras:
    7896004706375
  • Registro MS:
    1023506140010
  • Princípio Ativo:
    CLORTALIDONA
Opiniões sobre o produto
Avalie este produto
A sua avaliação passará por uma aprovação antes de ser publicada.
Nome:
Título do Comentário:
Comentários:
Topo