Frete Grátis acima de R$120,00 *
39 lojas físicas desde 1958
Até 3X sem juros no cartão
Enviamos para todo o Brasil
Compra segura 100% protegida
12%

Candoral 200mg Com 10 Comprimidos

Código: 119
Estoque: Disponível
De R$45,97
Por R$40,45
Quantidade:
Calculando frete e prazo
Calcule o frete

Comprar Candoral 200mg Com 10 Comprimidos com melhor preço e entrega em todo o Brasil. Conheça todas as apresentações de Candoral

Frete Grátis
acima de R$120,00 (*)
39 Lojas Físicas
desde 1958
Até 3X sem juros
a partir de R$100,00
PRATA
Loja Prata E-bit
eleita pelos consumidores

Para que serve Candoral

Candoral é indicado para o tratamento de certas infecções causadas por fungos como blastomicose, coccidioidomicose, histoplasmose, cromomicose e paracoccidioidomicose quando outros tratamentos não forem tolerados ou eficazes.

Candoral não deve ser utilizado em casos de meningite fúngica devido a sua baixa penetração no liquido cerebroespinhal.

Como o Candoral funciona?


Candoral é um medicamento a base de cetoconazol que você deve usar para o tratamento de infecções causadas por fungos.

Candoral possui atividade fungicida (agente que destrói fungos) ou fungistática (agente que paraliza crescimento dos fungos). Candoral inibe a biossíntese do ergosterol no fungo e altera a composição de outros componentes lipídicos na membrana.

Como Usar Candoral

Você deve tomar Candoral por via oral, durante uma das refeições diárias, com um pouco de líquido.

Tome Candoral com uma bebida ácida se você estiver recebendo também, medicamentos que reduzem a acidez do estômago (gástrica) ou se você apresentar uma condição que não produz os ácidos do estômago. Se você tiver alguma dúvida, converse com o médico.

Posologia do Candoral


A dose e o tempo de tratamento com Candoral dependem do tipo de fungo e do local da infecção. Seu médico o informará exatamente o que você deve fazer. O período de tratamento pode ser de 6 meses ou até cura da infecção.

Adultos

Um comprimido (200mg) uma vez ao dia, junto com uma refeição. Quando a resposta clínica for insuficiente, seu médico poderá aumentar a dose de Candoral para 2 comprimidos (400mg), sempre uma vez ao dia.

Crianças que pesam mais que 30kg

Geralmente necessitam de 1 comprimido (200mg) uma vez ao dia. Algumas vezes, essa dose pode ser aumentada para 2 comprimidos (400mg), de uma só vez, diariamente.

Crianças com peso entre 15 e 30kg

Necessitam da metade de um comprimido (100mg) por dia durante uma refeição.

O tratamento deve ser interrompido imediatamente e a função do fígado avaliada quando sinais e sintomas indicativos de inflamação do fígado, tais como: falta de vontade de comer, enjoo, vômito, cansaço anormal, pele amarela (icterícia), branco dos olhos amarelado, dor na barriga ou urina escura ocorrerem.

Uso em pacientes com insuficiência hepática

Este medicamento é contraindicado para o uso por pacientes com doença hepática aguda ou crônica.

O que devo fazer quando eu me esquecer de usar o Candoral?


Se você se esquecer de tomar seu medicamento, tome a próxima dose normalmente e continue com seu medicamento como recomendado pelo médico. Não tome uma dose dupla.

Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião-dentista.

Contraindicação de Candoral

Você não deve tomar Candoral se você apresentar hipersensibilidade (alergia) ao cetoconazol ou aos excipientes da formulação.

Não tome Candoral caso você tenha doença do fígado. Se você tiver dúvidas, consulte o seu médico.

Você não deve tomar certos medicamentos enquanto estiver tomando Candoral. Existem vários medicamentos que interagem com Candoral.

Este medicamento é contraindicado para uso por pacientes com doença do fígado.

Precauções

Informe o seu médico se você estiver tomando outros medicamentos, pois a ingestão ao mesmo tempo de Candoral com outros medicamentos pode ser prejudicial. Certifique-se de ter relatado sobre qualquer medicamento que esteja tomando, prescrito ou não por um médico, incluindo suplementos e produtos naturais.

Durante o tratamento com Candoral podem ocorrer distúrbios no fígado, até mesmo em tratamentos curtos. Entretanto, as chances disto acontecer são maiores se você sabe que tem problemas no fígado.

Você pode reconhecer os distúrbios do fígado através dos seguintes sintomas: urina escura, fezes esbranquiçadas, pele amarelada, branco dos olhos amarelado, dor abdominal, cansaço não usual e/ou febre. Neste caso o tratamento com Candoral deve ser suspenso e seu médico imediatamente comunicado.

Antes de você iniciar o tratamento com Candoral, seu médico irá solicitar alguns exames de sangue para assegurar-se de que seu fígado está funcionando normalmente. Se o tratamento com Candoral se estender, seu médico solicitará exames de sangue para detectar problemas no fígado precocemente no sangue.

Casos de hepatotoxicidade grave, incluindo casos fatais ou que necessitaram de transplante hepático, ocorreram com o uso de cetoconazol oral

Alguns pacientes não apresentavam fator de risco para distúrbio hepático. Há relatos de ocorrência dentro de um mês de tratamento, incluindo alguns na primeira semana.

O acúmulo de doses do tratamento é considerado um fator de risco para hepatotoxicidade grave.

A função da glândula suprarrenal deve ser monitorada em pacientes com falta da função suprarrenal ou no limite da normalidade, além dos pacientes em períodos prolongados de estresse (grande cirurgia, tratamento intensivo) e em pacientes sob terapia prolongada que apresentem sinais e sintomas sugerindo falta da função suprarrenal.

Quando a acidez gástrica está reduzida, a absorção do cetoconazol é reduzida. Se você apresentar acidez gástrica diminuída devido a uma doença, por exemplo, acloridria, ou por uso de medicamentos que reduzem a acidez gástrica, recomenda-se que você tome os comprimidos de Candoral com uma bebida ácida (tal como refrigerante de cola não dietético). Seu médico irá monitorar a atividade antifúngica e avaliar a necessidade de aumento da dose de cetoconazol.

Interações Medicamentosas

Algumas pessoas sentem-se indispostas ao tomar bebidas alcoólicas durante o tratamento com Candoral.

Portanto, você não deve tomar bebidas alcoólicas durante o tratamento com Candoral.

Deve haver quantidade suficiente de ácido no estômago para que Candoral seja absorvido de forma apropriada. Assim, medicamentos que neutralizam o ácido do estômago devem ser tomados pelo menos uma hora antes de Candoral ou não devem ser tomados antes de duas horas após tomar Candoral. Pela mesma razão, se você usa medicamentos que inibem a produção de ácido do estômago, você deve tomar Candoral com refrigerante tipo cola.

Saliente ao seu médico quais medicamentos você está tomando atualmente. Em particular, alguns medicamentos você não deve tomar no mesmo período e para outros algumas mudanças são necessárias.

Medicamentos que você não deve tomar durante o tratamento com Candoral

Certos medicamentos para alergia:

Terfenadina, astemizol e mizolastina.

Halofantrina:

Medicamento utilizado no tratamento da malária.

Certos medicamentos para tratar dor forte ou vício:

Levacetilmetadol (levometadil) e metadona.

Cisaprida:

Um medicamento usado para certos problemas digestivos.

Domperidona:

Medicamento utilizado para náuseas, vômito e desconforto relacionado tanto à diminuição do esvaziamento do estômago como ao refluxo do ácido do estômago para o esôfago.

Certos medicamentos que diminuem o colesterol:

Sinvastatina e lovastatina.

Certas pílulas para dormir:

Midazolam e triazolam.

Certos medicamentos usados para distúrbios psicóticos:

Lurasidona, pimozida e sertindol.

Certos medicamentos usados para tratar irregularidades do batimento cardíaco:

Quinidina, disopiramida, Dronedarona e dofetilida.

Certos medicamentos usados para o tratamento de angina (dor no peito em aperto) ou pressão sanguínea alta:

Bepridil, felodipina, eplerenona, lercanidipina, ivabradina,ranolazina e nisoldipino.

Medicamentos conhecidos como alcalóides de ergot:

Ergotamina ou di-hidroergotamina, usados no tratamento de dores de cabeça do tipo enxaqueca.

Medicamentos conhecidos como alcaloides do ergot:

Ergometrina (ergonovina) ou metilergometrina (metilergonovina), usados no controle de sangramento e manutenção da contração uterina após o parto.

Irinotecano:

Um medicamento para tratamento de câncer.

Colchicina:

Um medicamento para tratar gota, quando usado em pacientes com insuficiência dos rins ou do fígado.

Espere pelo menos uma semana após o fim do tratamento com Candoral antes de tomar qualquer um destes medicamentos.

Medicamentos que podem diminuir a ação de Candoral, tais como

Certos medicamentos utilizados para tratar epilepsia:

Carbamazepina, fenitoína.

Certos medicamentos para tratar tuberculose:

Rifampicina, rifabutina, isoniazida.

Certos medicamentos para tratar HIV/AIDS:

Efavirenz, nevirapina.

Portanto, você deve informar sempre seu médico se você estiver usando algum desses produtos, para que as medidas apropriadas sejam tomadas. Espere pelo menos 2 semanas após o fim do tratamento com esses medicamentos antes de tomar Candoral.

Medicamentos não recomendados, a menos que seu médico considere necessário, tais como

Certos medicamentos usados no tratamento de câncer:

Dasatinibe, nilotinibe, sunitinibe, trabectedina.

Rifabutina:

Um medicamento para tratar tuberculose.

Carbamazepina:

Um medicamento para tratar epilepsia.

Colchicina:

Um medicamento para tratar gota.

Everolimo:

Um medicamento administrado após transplante de órgão.

Fentanila:

Um opioide forte para tratar a dor.

Certos medicamentos que diminuem a coagulação do sangue:

Apixabana, rivaroxabana.

Salmeterol:

Um medicamento que melhora a respiração.

Tansulosina:

Um medicamento para tratar incontinência urinária masculina.

Vardenafila:

Um medicamento para tratar disfunção erétil.

Espere pelo menos 1 semana após o fim do tratamento com Candoral antes de iniciar esses medicamentos, a menos que o seu médico considere necessário tomá-los.

Medicamentos que podem exigir uma alteração da dose ou do Candoral ou do(s) outro(s) medicamento(s), tais como

Alguns medicamentos que agem no coração ou vasos sanguíneos:

Aliscireno, digoxina, nadolol, os bloqueadores do canal de cálcio, verapamil e di-hidropiridinas.

Certos medicamentos que diminuem a coagulação sanguínea:

Cumarinas, cilostazol, dabigatrana.

Medicamentos contra inflamação no corpo, asma e alergias, administrados por via oral, injetável ou inalatória:

Metilprednisolona, budesonida, ciclenosida, fluticasona ou dexametasona.

Medicamentos que são administrados, em geral, após um transplante de órgão:

Ciclosporina, tacrolimo, tensirolimo ou rapamicina (também conhecida como sirolimo).

Certos medicamentos usados para o tratamento de HIV/AIDS:

Maraviroque e inibidores da protease indinavir, ritonavir, darunavir com reforço de ritonavir, fosamprenavir com reforço de ritonavir e saquinavir.

Certos medicamentos usados para o tratamento do câncer:

Alcaloides da vinca, bussulfano, docetaxel, erlotinibe, ixabepilona, lapatinibe, trimetrexato, bortezomibe e imatinibe.

Certos medicamentos para ansiedade ou para dormir (tranquilizantes):

Buspirona, perospirona, ramelteon, midazolam IV, alprazolam, brotizolam.

Certos medicamentos para tratar a disfunção erétil:

Sildenafila e tadalafila.

Certos medicamentos para tratar alergias:

Bilabastina e ebastina.

Atorvastatina:

Um medicamento utilizado para diminuir o colesterol.

Reboxetina:

Usado no tratamento da depressão.

Certos medicamentos fortes para dor:

Alfentanila, buprenorfina, oxicodona e sufentanila.

Eletriptano:

Usado para enxaquecas.

Certos medicamentos para tratar diabetes:

Repaglinida e saxagliptina.

Certos medicamentos para controlar a bexiga irritada (necessidade de urinar muito frequentemente):

Fesoterodina, imidafenacinasolifenacina e tolterodina.

Aprepitanto:

Um medicamento para tratar náusea e vômitos.

Praziquantel:

Um medicamento para tratar fasciolose e teníase.

Cinacalcete:

Um medicamento para tratar a paratireoide hiperativa.

Certos medicamentos para tratar níveis baixos de sódio no sangue:

Mozavaptana, tolvaptana.

Certos medicamentos para tratar psicose:

Aripiprazol, haloperidol, quetiapina, risperidona.

Alitretinoína (formulação oral):

Um medicamento para tratar eczema.

Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde.

População Especial

Efeito sobre a capacidade de dirigir veículos e operar máquinas

Não é provável que Candoral tenha efeito sobre a capacidade de dirigir veículos e operar máquinas.

Gravidez

O risco do uso do cetoconazol por mulheres grávidas não é conhecido. Portanto, este medicamento não deve ser tomado durante a gravidez, a menos que os benefícios para a mãe superem os riscos para o feto. Em caso de gravidez ou suspeita de gravidez, informe seu médico, pois ele irá decidir se você pode tomar Candoral.

Amamentação

Você não deve amamentar se estiver tomando Candoral, pois pequenas quantidades de Candoral podem estar presentes no leite materno.

Medidas gerais de higiene devem ser observadas para controlar fontes de infecção e de reinfecção.

Uso pediátrico

O uso documentado de cetoconazol comprimidos em crianças com peso inferior a 15kg é muito limitado. Portanto, o uso de Candoral em crianças pequenas não é recomendado.

Composição

Apresentações

Comprimidos 200 mg:

Embalagens com 10 e 30 comprimidos.

Composição

Cada comprimido contém:

Cetoconazol 200mg.

Excipientes: amido, celulose microcristalina, estearato de magnésio, amidoglicolato de sódio, corante azul FDC n°. 2, goma acácia e manitol.

Superdosagem

Sinais e Sintomas

As reações adversas mais frequentes relatadas por pacientes que tomaram altas doses de cetoconazol comprimidos foram náusea, fadiga (incluindo sonolência e letargia), vômitos, dor gastrintestinal (incluindo desconforto abdominal, distúrbio gastrintestinal, desconforto estomacal), anorexia (incluindo diminuição do peso, diminuição do apetite), rubor (incluindo hiperidrose), edema (inchaço), ginecomastia (aumento das mamas em homens), erupção cutânea (incluindo eczema, púrpura, dermatite), diarreia, cefaleia, disgeusia (distorção ou diminuição do paladar) e alopecia (queda de cabelos).

Tratamento

Se você ingeriu acidentalmente uma quantidade maior de Candoral, entre em contato com o seu médico imediatamente. Ele decidirá quais são as medidas mais apropriadas no seu caso.

Informação ao médico em caso de superdosagem

Nos casos de superdosagem acidental, o tratamento consiste em medidas de suporte e sintomática. Durante a primeira hora de ingestão, carvão ativado pode ser administrado.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível. Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

Mais informações

Código do produto: 119
EAN: 7896658001154
Tipo de Medicamento: Referência
Registro MS: 1057300670019
Classe Terapêutica: Agentes Sistêmicos para Infecções Fúngicas
Princípio Ativo: Cetoconazol
Se persistirem os sintomas o médico deverá ser consultado. Candoral é um medicamento. Seu uso pode trazer riscos. Procure o médico e o farmacêutico. Leia a bula
Opiniões sobre o produto
Dê sua opinião sobre este produto
Escolha uma nota:
A sua avaliação passará por uma aprovação antes de ser publicada.
1