Frete Grátis - Veja as regras
39 lojas físicas desde 1958
Até 3X sem juros no cartão
Enviamos para todo o Brasil
Compra segura 100% protegida
Akineton 2 Mg C/ 80 Comprimidos
Akineton 2 Mg C/ 80 Comprimidos

Akineton 2 Mg C/ 80 Comprimidos

Código: 3393
Estoque: 64 unidades em estoque
Por R$35,15
Venda proibida pela internet
Página meramente informativa sobre o produto
Venda somente nas lojas físicas com receituário adequado

Comprar Akineton 2 Mg C/ 80 Comprimidos com melhor preço e entrega em todo o Brasil. Conheça todas as apresentações de Akineton

Frete Grátis
veja as regras
39 Lojas Físicas
desde 1958
Até 3X sem juros
a partir de R$100,00
PRATA
Loja Prata E-bit
eleita pelos consumidores

Para que serve Akineton

Akineton® (biperideno) está destinado ao tratamento da síndrome parkinsoniana, especialmente para controlar sintomas de rigidez e tremor; sintomas extrapiramidais como distonias agudas (espasmos musculares prolongados), acatisia (inquietação) e síndromes parkinsonianas induzidas por neurolépticos (medicamentos que suprimem movimentos espontâneos) e outros fármacos similares.

Como o Akineton funciona?


O cloridrato de biperideno é um agente anticolinérgico com efeito marcante no sistema nervoso central, que reduz os efeitos produzidos pela acetilcolina no sistema nervoso.

Akineton® (cloridrato de biperideno) bloqueia principalmente a transmissão dos impulsos colinérgicos centrais pela reversão da ligação aos receptores de acetilcolina, modificando o estado parkinsoniano do paciente.

O tempo médio estimado para o início da ação terapêutica ocorre após um intervalo de tempo de uma hora e meia e o pico das concentrações do medicamento no sangue é alcançado após cerca de 1,5 hora.

Exclusivo Comprimido 4 mg

O primeiro pico da concentração do medicamento no sangue ocorre em 3,5 horas e o segundo pico ocorre após 10 a 12 horas da administração do medicamento.

Como Usar Akineton

O tratamento com Akineton® (cloridrato de biperideno) deve ser iniciado com aumento gradativo das doses em função do efeito terapêutico e dos efeitos secundários.

Os comprimidos devem ser administrados com líquidos, preferencialmente durante ou após uma refeição, para minimizar os efeitos indesejáveis no sistema gastrointestinal.

Exclusivo Comprimido 2 mg

Síndromes parkinsonianas

Adultos

A dose inicial usual é de 1 mg (1/2 comprimido) duas vezes ao dia. A dose pode ser aumentada para 2 mg (1 comprimido) por dia. A dose de manutenção é de 3 a 16 mg/dia (meio a 2 comprimidos, de 3 a 4 vezes por dia). A dose máxima diária recomendada é de 16 mg (8 comprimidos) que deverá ser distribuída uniformemente ao longo do dia.

Transtornos extrapiramidais medicamentosos

Adultos

A dose usual é de 1 a 4 mg (meio a 2 comprimidos) uma a 4 vezes ao dia, como tratamento oral, associado à terapia neuroléptica, dependendo da intensidade dos sintomas.

Uso pediátrico
Disfunções medicamentosas do movimento

A dose recomendada para crianças de 3 a 15 anos é de meio a 1 comprimido, 1 a 3 vezes ao dia (correspondendo 1 a 2 mg de cloridrato de biperideno por dia).

Exclusivo Comprimido 4 mg

A princípio, deve-se administrar Akineton® (cloridrato de biperideno) comprimido 2 mg, aumentando-se gradativamente a dose até se obter resultado satisfatório; só então pode-se passar o tratamento para Akineton® (cloridrato de biperideno) comprimido revestido retard 4 mg.

Estudos indicam que a dose média para adultos é de 1 a 3, ou no máximo 4 comprimidos revestidos ao dia. As doses deverão ser distribuídas ao longo do dia.

A duração do tratamento dependerá da natureza e do curso da doença. O tratamento deve ser associado gradualmente.

Crianças

Akineton® (cloridrato de biperideno) 4 mg comprimido revestido retard não é recomendado para uso pediátrico, neste caso, a apresentação 2 mg comprimido é o mais indicado.

Dose liberada

A estimativa da dose liberada por unidade de tempo do medicamento é:

1 hora

5 - 25

6 horas

41 - 61

20 horas

> 80

O que devo fazer quando eu me esquecer de usar o Akineton?


Se você esquecer de tomar uma dose do medicamento, tome-a assim que se lembrar. Entretanto, se estiver próximo do horário de tomar a próxima dose, não tome a dose esquecida. Tome a próxima dose no horário habitual.

Contraindicação de Akineton

Akineton® (cloridrato de biperideno) é contraindicado para uso por pacientes com hipersensibilidade ao cloridrato de biperideno ou a qualquer um dos excipientes da fórmula.

Akineton® (cloridrato de biperideno) é contraindicado para uso por pacientes portadores de alguns subtipos de glaucoma (glaucoma de ângulo estreito); pacientes portadores de estreitamento ou obstrução mecânica do aparelho digestório; e pacientes com um subtipo de alteração do intestino grosso chamado megacólon.

Precauções

Akineton® (cloridrato de biperideno) deve ser administrado com cautela em pacientes com prostatismo (um tipo de alteração da próstata), epilepsia ou arritmia cardíaca.

Capacidade de dirigir veículos e operar máquinas

Durante o tratamento com Akineton® (cloridrato de biperideno) combinado com outro medicamento de ação central, anticolinérgicos ou álcool, o paciente não deve executar tarefas que exijam atenção ou dirigir veículos e operar máquinas, pois a sua habilidade e atenção poderão estar prejudicadas.

População Especial

Uso em crianças

Estudos sobre o uso de Akineton® (cloridrato de biperideno) em crianças são limitados e restringem-se, basicamente, a tratamentos de duração limitada de distonias (contração muscular involuntária) de causa iatrogênica (ex. neurolépticos, metoclopramida ou compostos análogos), que podem se manifestar como reações adversas ou sintomas de intoxicação.

Uso em idosos

Maior atenção deve ser dispensada aos pacientes com idade avançada, sobretudo se apresentam sintomas de doenças orgânicas cerebrais e com aumento na susceptibilidade a convulsão cerebral. Pacientes idosos são mais suscetíveis a medicação anticolinérgica.

Gravidez

Não se sabe se o biperideno pode causar danos fetais quando administrado a mulheres grávidas ou se pode afetar a capacidade de reprodução. Akineton® (cloridrato de biperideno) deve ser administrado quando estritamente necessário.

Lactação

Não se sabe se o biperideno é excretado no leite materno. Pelo fato de muitas drogas serem excretadas no leite materno, deve-se ter cautela ao administrar Akineton® (cloridrato de biperideno) a lactantes.

Composição

Cada comprimido de Akineton® (cloridrato de biperideno) 2 mg contém:

2 mg de cloridrato de biperideno (equivalente a 1,8 mg de biperideno base).

Excipientes: amido de milho, celulose microcristalina, estearato de magnésio, lactose, povidona e talco.

Cada comprimido revestido retard de Akineton® (cloridrato de biperideno) 4mg contém:

4 mg de cloridrato de biperideno (equivalente a 3,59 mg de biperideno base).

Excipientes: água purificada, amido de milho, celulose microcristalina, cera de carnaúba, dióxido de silício, docusato de sódio, estearato de magnésio, lactose, hiprolose, hipromelose, macrogol, povidona, talco, e corantes: dióxido de titânio e óxido de ferro amarelo.

Apresentação do Akineton


Akineton® (cloridrato de biperideno) 2 mg comprimido

Embalagem contendo 80 comprimidos.

Akineton® (cloridrato de biperideno) 4mg comprimido revestido retard

Embalagem contendo 30 comprimidos revestidos.

Superdosagem

A estratégia para a conduta adequada em caso de superdose da droga evolui continuamente, e portanto, é fortemente recomendado que o centro de controle de toxicologia (vide telefone abaixo) seja contactado para obter maiores informações sobre a superdose com biperideno. O médico deve estar ciente que antídotos usados rotineiramente no passado para o tratamento da síndrome anticolinérgica podem não ser mais considerados como tratamento ideal. É muito importante que as medidas de suporte à superdose sejam direcionadas a manutenção adequada das funções respiratórias e cardíacas até a obtenção de socorro médico.

A intoxicação se parece, a princípio, com a intoxicação atropínica com sintomas anticolinérgicos periféricos, tais como: pupilas dilatadas e lentas; secura das mucosas; rosto vermelho; aumento da frequência cardíaca; redução na força vesical e intestinal; elevação da temperatura, especialmente em crianças, e transtornos centrais, como excitação, delírio, confusão, alteração da consciência ou alucinações. Se a intoxicação for maciça, há risco de colapso cardíaco e parada respiratória de origem central.

Mais informações

Código do produto: 3393
EAN: 7898940448128
Tipo de Medicamento: Referência
Registro MS: 1562600270030
Classe Terapêutica: Antiparkinsonianos
Princípio Ativo: Cloridrato de Biperideno
Se persistirem os sintomas o médico deverá ser consultado. Akineton é um medicamento. Seu uso pode trazer riscos. Procure o médico e o farmacêutico. Leia a bula
1